"cantarei" o que a vida me oferecer... bichos...efemérides...alegrias...raivas(!) e o que mais adiante se verá!

10
Out 10

 

Todos têm o seu ritmo biológico - o que quer que isto possa significar.

Por mim, considero-me "das manhãs", mera convicção, sem fundamentação científica. Só que é de manhã que "funciono" - quem sabe, por mero hábito, criado por quase quatro dezenas de anos a servir pontualmente uma profissão...

E a vida decorre a bom ritmo...

 

Entrando Outubro, de regresso à cidade, sem os atractivos do jardim, das mondas e das regas, com o sol a fugir bem cedo...as noites ficam mais longas, bem mais longas...

Despachados os últimos afazeres do dia, é a "caixa mágica", colorida e movimentada, que ajuda a preencher o serão. Na cidade há Cabo, satélite, Meo, Zon e quejandas alternativas , de que a casa na aldeia não dispõe...Aqui, vejo as notícias a todas as horas e em todos os canais...até parece que têm sido muito boas notícias...Bem ao contrário...Mas a curiosidade, por um lado, e a vontade/necessidade de estabelecer comparações, ouvir comentários...leva-me a insistir...e continuo a ver  e ouvir, os optimistas e os pessimistas,os pro e os contra,os derrotistas, cuja sabedoria será inquestionável, mas se torna agressivamente insuportável e desesperante,pois não propõe soluções...ouço tudo e todos. E fico a "resmoer"...

 

A perfeição não existe, digo cá para mim.Quem se julga infalível, "o melhor do mundo"...não deve estar bom da cabeça. Todos temos falhas, defeitos, incapacidades. E, ao tomar decisões, é difícil agradar a Gregos e Troianos, na vida privada e em sociedade. Feita a escolha, fundamentada,claro, é preciso ter a força interior de cumprir, de aceitar riscos e consequências - e não passasr a vida a minimizar os outros, magoando, agredindo com gestos e palavras, fomentando a descrença e a revolta...Ai,quão difícil é navegar em mar revolto!

 

Na comodidade do meu cadeirão, no conforto do "meu canto", clamo por tolerância, gentileza, disponibilidade, esperança numa vida menos atormentada... e penso nos que, noite e dia,  a favor ou contra o seu ritmo biológico, se afadigam a servir...a família, os amigos, a profissão, a sociedade...o país!

Palavras chave, do momento e da Vida: integridade, honestidade, perseverança!Qualquer que seja o ritmo biológico.

publicado por mfssantos às 16:22

Eu pertenço ao grupo que funciona melhor "às tardes". E, esquivando-me a uma opinião, concordo com as "palavras chave"..., se estes valores não tivessem sido postos à margem estaríamos com outro ritmo :)
Na próxima 4ªfeira de tarde (14,30 h), no mesmo local, pode ser o cafezinho?
Beijinhos
mariali a 11 de Outubro de 2010 às 22:17

Muito provavelmente...Obrigada pelo convite. Abraço,M.F.
mfssantos a 12 de Outubro de 2010 às 09:19

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
14
15

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO